em Inbound Marketing, Marketing Digital
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 0 Flares ×

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia que tem como objetivo atrair e engajar o seu público-alvo, nutrindo-o com conteúdos relevantes de acordo com o estágio no processo de compra que ele se encontra. Dessa maneira, a empresa gera valor e ganha reconhecimento do seu público, e pode com isso obter mais vendas, negócios e clientes fiéis. Para se inspirar e fazer um benchmarking, conheça 6 exemplos de marketing de conteúdo selecionados para quem quer bons resultados. 

6 exemplos de marketing de conteúdo

Os primeiros exemplos de marketing de conteúdo surgiram bem antes da era digital, em tempos em que nem se pensava na existência da internet. Porém, após o nascimento da internet, ele ganhou força se tornando cada vez mais necessário nas estratégias de Marketing das empresas.

A seguir, você conhecerá 6 cases de sucesso de empresas que adotaram a estratégia de Marketing de Conteúdo, e como essa decisão impactou positivamente cada uma delas.

1. The Furrow

A revista da companhia de máquinas agrícolas JohnDeere: The Furrow, criada em 1895 e publicada até hoje, se tornou o marco inicial do marketing de conteúdo. Foi criada com o objetivo de transmitir informações úteis para os que se interessam pelo mundo agrícola, como toda boa estratégia de conteúdo, sem a intenção de falar diretamente de seus produtos. 

Por isso, ela se tornou bem popular entre os fazendeiros, informando novidades do segmento e novas tecnologias para o campo em uma época onde a informação não era tão acessível. A revista só fortaleceu a marca John Deere que até hoje é uma referência em máquinas agrícolas, além de ser um dos maiores exemplos de marketing de conteúdo antes da internet. 

2. Guia Michelin

O Guia Michelin foi criado no início dos anos 1900, e é um dos primeiros registros que se tem de uma empresa produzindo conteúdo informativo para vender. Desenvolvido por uma fabricante de pneus, o guia traz dicas de bons hotéis e restaurantes para conhecer e frequentar. 

O grande objetivo do criador do guia era fazer com que as pessoas viajassem mais com seus automóveis e assim trocar mais rápido os seus pneus, e quando chegasse este momento, elas se lembrariam da marca Michelin. É claro que ele não imaginava a dimensão que seu guia alcançaria.

Marketing de conteúdo: exemplos pós internet

3. Nestlé

Ao entrar no site da Nestlé, você vê que a seção Faz Bem está em destaque. Nela contém as mais variadas dicas de cuidados com a saúde, informações sobre alimentos para os consumidores. Um dos exemplos, como ter uma vida mais saudável, ajudando as pessoas a identificarem as quantidades de açúcar e sódio nos alimentos e também receitas.

Nestlé tirou o foco de seus produtos e investiu em conteúdo informativo de qualidade. Vale lembrar que a marca usa essa estratégia muito antes da popularização da internet.

A empresa enviava receitas para os clientes que solicitavam, e até hoje coloca dicas de receitas nas embalagens de seus produtos. Não é à toa que a Nestlé se tornou uma marca referência em produtos de boa qualidade.

4. Samsung

O marketing de conteúdo pode ser feito de várias maneiras, seja um artigo, um vídeo, um post nas redes sociais, ou até mesmo uma proposta de intervenção. A última opção foi usada pela Samsung para promover o aparelho Galaxy S4 no dia de seu lançamento.

A empresa desafiou pessoas que estavam em uma estação de trem a olharem fixamente para um painel durante 60 segundos, tudo isso para promover a função que detecta a direção em que você olha, dando um Galaxy S4 como recompensa para quem completasse o desafio. 

Contudo, não era tão fácil quanto parecia, durante o desafio a empresa criava situações ao redor do desafiante para tirar sua concentração, com isso muitos espectadores paravam para observar e torcer pelos desafiantes. Essa proposta causou um grande envolvimento das pessoas com a marca. Dessa forma, a Samsung é um dos exemplos de marketing de conteúdo pós internet.

5. Starbucks

A Starbucks também é um dos exemplos de marketing de conteúdo. A gigantesca rede de cafeterias resolveu investiu nessa estratégia em 2008, quando a empresa sofreu uma grande diminuição de clientes em suas lojas. Para reverter essa situação ela criou um canal de comunicação na internet que é mantido até hoje, o qual é totalmente colaborativo e as pessoas participam dando dicas e ideias para melhorar a cafeteria e deixá-la com a cara dos usuários. 

A estratégia de conteúdo não parou por aí, a empresa também investiu no gerenciamento de suas redes sociais, e em pouco tempo se tornou uma das marcas mais seguidas e amadas pelos usuários. 

Esse é um exemplo de marketing de conteúdo, de como uma empresa pode envolver seus consumidores fazendo-os se sentir parte do processo de mudança e melhoria, tornando-os mais ligados à marca. Atualmente, a rede é um sinônimo de status e é uma das preferidas dos frequentadores de cafeterias.

6. Red Bull

A Red Bull resolveu investir em uma estratégia de Marketing de Conteúdo focado no estilo de vida de seus consumidores. Estudando o estilo de vida, a empresa descobriu os seus gostos por esportes, filmes, músicas e muito mais. 

A partir disso, ela se tornou uma grande fonte de informação sobre eventos, novidades e tudo o que fosse de interesse dos consumidores, inclusive patrocinando esportes e games ligados ao seu público. Tudo isso a transformou em uma das marcas referência em Marketing de Conteúdo no mundo.

Depois de conferir tantas inspirações, quer ficar por dentro das principais novidades do marketing digital? Inscreva-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail os conteúdos de seu interesse.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contate-nos

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

marketing-digital-tecnologia-tendencias