em Marketing Digital, Produtividade
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 0 Flares ×

Mais uma Black Friday se aproxima, e com ela, oportunidades promissoras para que e-commerces dos mais diferentes segmentos e portes possam obter índices positivos de lucratividade, como já vem sendo apontado por diversas pesquisas recentes do mercado.

Tradição famosa entre os norte-americanos, no Brasil a Black Friday acontecerá no dia 24 de novembro e, segundo os especialistas, a crise econômica que o país enfrenta é um grande estímulo para que os consumidores aguardem essa data, pois assim podem aproveitar melhores descontos e comprar mais.

O e-commerce brasileiro, de acordo com o Ebit, deve obter em 2017 um aumento de 15% em suas vendas em comparação ao ano anterior, o que leva à expectativa de movimentação acima de R$ 2 bilhões.

Uma outra pesquisa realizada pelo Google, divulgada em agosto deste ano, revela que 68% dos consumidores têm a intenção de efetuar alguma compra durante a Black Friday, ao passo que esse índice era de 61% em 2016.

A data é considerada um importante evento entre os varejistas, afinal, é oportuna para zerar o estoque e aumentar o faturamento, como ratificado pelo estudo feito pela Tray, que espera entre as lojas virtuais uma movimentação 20 vezes maior do que em dias comuns.

Todavia, para que de facto os e-commerces possam angariar os índices de lucratividade projetados, antes é preciso compreender as tendências do mercado e com base nisso, elaborar um planejamento eficiente. Sendo assim, não deixe de conferir o conteúdo que preparamos e que irá ajudar você elevar suas vendas na Black Friday.

 

Como fazer seu planejamento digital para a Black Friday

 

Diversas análises indicam que em 2017 o faturamento entre os e-commerces terá um aumento significativo em comparação aos resultados obtidos no ano passado. No entanto, ainda existem desafios que tornam-se obstáculos para muitos varejistas, especialmente pela falta de planejamento para a Black Friday.

Preparar-se com antecedência e implementar as estratégias de marketing digital é fundamental para o sucesso das vendas nesse período, o que requer a análise e trabalhar dos seguintes pontos:

Entender o comportamento do cliente

Com a disseminação da internet e aparelhos mobile, muitos dos consumidores optam por realizar as compras da Black Friday por meio de computadores (50%) ou pelo smartphone (41%), o que oferece aos e-commerces maior vantagem perante o comércio físico.

A pesquisa realizada em setembro pelo Mercado Pago, mostrou que 45% dos entrevistados estavam dispostos a gastar mais de R$ 500 e, dentre os objetos de maior interesse estavam os itens de informática (44,1%), celulares (43,1%) e eletrodomésticos (29,4%).

Os demais produtos listados entre os desejos dos consumidores são os itens de tv e vídeo (27%), eletroportáteis (27%), games (21,5%), equipamentos de áudio (21,1%), acessórios automotivos (19,7%) e brinquedos (14,1%).

Ao delinear detalhadamente o perfil da persona de interesse, esses e-commerces podem patrocinar campanhas personalizadas que irão atingir assertivamente seu público, pois além daqueles que já aguardam a Black Friday, o estudo mostra que 16% dos consumidores que não pretendiam comprar nada, acabam aproveitando alguma oferta quando a acham atrativa.

Criar campanhas e anúncios eficientes

Mais do que criar ofertas e benefícios no frete, o planejamento para a Black Friday requer também que os e-commerces disponham de uma comunicação eficaz para encontrar e atrair seus consumidores.

Algumas das ações mais utilizadas pelas marcas são as campanhas patrocinadas, como Google Adwords e Facebook Adwords, que permitem a exibição dos anúncios somente para os usuários que apresentam o perfil de compra ideal para aquele produto.

Redes sociais e campanhas de inbound igualmente complementam as estratégias de marketing elaboradas para a Black Friday, pois auxiliam a divulgação das promoções, bem como, interação com os internautas.

Comumente usado em diferentes datas, o e-mail marketing se faz uma imprescindível investida, já que se dirige ao consumidor de forma direta e pessoal, o atualizando sobre promoções, cupons de descontos e novidades da loja virtual.

Todas essas formas de comunicação, quando bem elaboradas, criam uma base de clientes bem trabalhada e engajada, prontos para serem direcionado à ação de compra.

Assegurar a excelência desde o momento da compra até o pós-venda

Vale ressaltar que, tão importante quanto o planejamento estratégico, é a qualidade ofertada ao seu cliente, o que abrange desde o primeiro acesso no site, até o atendimento pós-venda.

Sendo assim, priorize a qualidade de seu e-commerce, garantindo questões como um bom layout, navegabilidade e segurança. Do mesmo modo, o prepare para suportar um grande número de acessos simultâneos durante todo o período da Black Friday.

O atendimento é outra questão extremamente relevante, logo, tenha colaboradores disponíveis para esclarecer dúvidas antes e também após a efetuação da compra, o que permite que o cliente sinta-se mais seguro e próximo da marca.

A Black Friday é uma das melhores datas do ano para se investir em ações estratégicas que visam o aumento das vendas, assim como, para a atração de novos clientes e trabalhar da base já existe. Contudo, pesquisa e planejamento são os alicerces para que seu e-commerce alcance índices profícuos.

Posts recentes

Deixe um comentário

Contate-nos

Digite o que procura e pressione "enter" para realizar a busca

case de sucesso Cão Cidadão e Inspire Digital