em Inbound Marketing, Marketing Digital
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 0 Flares ×

A produção de conteúdos em vídeos como estratégias de marketing para aumentar os resultados das empresas têm crescido muito nos últimos anos e isso não é à toa. Diversas pesquisas mostram que o consumo de vídeos on-line, tanto para informação quanto entretenimento, têm aumentado significativamente entre a população.

Vídeos são conteúdos fáceis de consumir, que não exigem grande esforço ou atenção do público para ser aproveitado. Já ouviu a expressão “uma imagem vale mais do que mil palavras”? Pois é, por meio de um vídeo curto é possível explicar de forma e com grande poder de persuasão conceitos complexos.

Em 2017, o YouTube atingiu a marca de 1,5 bilhão de usuários ativos por mês. Em relação a essa métrica, a plataforma de vídeos do Google só perde para o Facebook, que mensalmente conta com 2 bilhões de usuários ativos, e que também está priorizando conteúdos em vídeo no seu feed.

Atualmente, os usuários passam em média 1,5 hora assistindo vídeos na internet todos os dias, segundo a pesquisa State of Video Marketing realizada pela HubSpot. E esse número só tende a crescer. De acordo com um relatório produzido pela Cisco, a previsão é de que, em 2021, 82% de todo o tráfego global na internet seja baseado no consumo de vídeo.

Além disso, estudos demonstram que vídeos aumentam em 54% o alcance das marcas (OptinMonster) e as empresas que utilizam vídeos em sua estratégia de marketing geram 49% a mais de receita do que aquelas que não utilizam (WordStream).

Esses números te deixaram animado para começar a investir na produção de vídeos para a sua empresa? Então, confira neste artigo dicas sobre como planejar e executar uma estratégia de vídeo marketing que se adeque ao seu negócio.

Vantagens de produzir conteúdo em vídeo

Melhora o SEO

Aparecer no topo das pesquisas no Google é excelente para o seu negócio. Dessa forma você atrai mais visitantes, pode gerar mais leads e conseguir mais vendas. Entretanto, a disputa pelas primeiras posições no ranking das pesquisas está cada vez mais acirrada.

Ter um vídeo em uma página de seu site pode melhorar em 157% seus resultados de SEO, segundo dados da WordStream. Isso porque o Google considera os vídeos como conteúdos de alto valor agregado e por isso dá preferência no posicionamento para as páginas com esse tipo de material.

Aumenta suas conversões

Se você tem notado que seu site não está convertendo tanto quanto gostaria, uma boa dica pode ser incluir vídeos em suas páginas.

De acordo um levantamento da Adélie Studios, homepages e landing pages com vídeo convertem, respectivamente, 20% e 80% a mais do que as que não possuem esse recurso. Com essa perspectiva, vale muito a pena testar o uso de vídeos e avaliar os resultados.

Grande potencial de viralização

Vídeos tem um alto poder de viralização. No geral, as pessoas gostam de compartilhar conteúdos visuais. Segundo a RendrEx, 92% dos usuários de dispositivos móveis compartilham vídeos com amigos.

Além disso, nas redes sociais, posts com vídeos geram 1.200% a mais de compartilhamentos do que posts com imagem e texto, de acordo com a Simply Measured.

Ou seja, vídeos são uma excelente ferramenta para expandir o potencial do alcance de sua marca e mensagem.

Dicas para produzir vídeos que atraiam seu público

Para que seus vídeos tenham bons resultados, você precisa pensar pensar em formas de otimizá-los para que o seu público encontre os conteúdos em uma pesquisa. Para isso, leve em consideração cada um dos pontos a seguir:

Título

Crie um título que chame atenção do usuário, que desperte sua curiosidade e vontade de assistir ao vídeo. Utilize palavras-chave que tenham relação com seu conteúdo e que sejam capazes de atrair mais espectadores para o seu vídeo, tanto no no título quanto nas tags.

Descrição

Escreva uma boa descrição de seus vídeos, que conte sobre o conteúdo que está sendo abordado. Não se esqueça de incluir links para o seu site e redes sociais.

Thumbnail

Crie thumbnails personalizadas para os seus vídeos. As miniaturas que aparecem antes do usuário dar o play funcionam como um banner do seu vídeo e podem atrair muita atenção dos usuários quando bem trabalhadas.  Além disso, você também pode criar uma identidade visual para o seu conteúdo, assim, o usuário reconhecerá imediatamente um vídeo seu quando o ver em sua busca ou em sua timeline.

Anotações e cards

Não se esqueça de enriquecer a experiência do usuário adicionando anotações e cards com links no vídeo que possam remetê-lo a outros conteúdos para se aprofundar em assuntos que são citados no vídeo.

Duração do vídeo

No geral, os usuários preferem vídeos curtos, com até 60 segundos de duração. Porém, nada impede você de criar vídeos mais longos se sua audiência for receptiva a esse formato.

Você pode testar durações diferentes para atingir públicos em etapas distintas do funil. Por exemplo, vídeos de até um minuto para topo do funil, até três minutos para meio do funil e com quatro minutos ou mais para fundo de funil. Veja qual formato funciona melhor para o seu negócio.

Uma dica muito importante é criar um conteúdo fantástico nos 10 primeiros segundos do vídeo. Esse é o limite de tempo crucial para você prender a atenção do usuário para que ele assista todo o resto do conteúdo. Então, capriche!

Tipos de conteúdo

Existem diversos formatos de vídeo que podem ser explorados por sua marca em sua estratégia de marketing. Você não precisa se limitar a um estilo exclusivo. Confira alguns dos tipos de conteúdo em vídeo mais utilizados para atrair audiência:

Depoimentos: Vídeo no qual seus clientes falam sobre o seu produto ou serviço. É uma ótima forma de criar confiança e incentivar outras pessoas fecharem negócio com sua empresa.

Tutoriais: São utilizados para explicar passo a passo como realizar alguma ação relacionada ao seu produto. Afinal, ver como se faz algo em um vídeo pode ser muito mais fácil do que ler um longo texto explicando os detalhes – e muitas pessoas buscam esse tipo de conteúdo na internet.

Demonstração de produto: Aqui você mostra para aos seus potenciais clientes como seu produto ou serviço funciona, quais os diferenciais, etc. São ótimos para serem usados em landing pages ou páginas de e-commerce.

Teaser: O objetivo desse tipo de vídeo é gerar curiosidade no público. Se você for lançar um novo produto ou serviço, que tal criar um vídeo curto e deixar todo mundo ansioso para saber o que está por vir?

Storytelling: Geralmente são vídeos mais emocionais, utilizados para contar uma história relacionada à sua marca ou ao conceito do seu negócio.

Cursos ou dicas rápidas: Que tal educar seu público através de cursos ou dicas? Vídeos são ideias para essa proposta e ajudam a aumentar o sentimento de autoridade de sua empresa. Você pode escolher fazer isso por meio de um webinar ao vivo ou uma série.

Como começar a produzir vídeos?

1. Defina seus objetivos

Antes de começar a fazer qualquer conteúdo, sempre é preciso pensar em quais são seus objetivos com ele. Pode ser aumentar o conhecimento a respeito da sua marca, gerar mais leads ou impulsionar suas vendas.

Sem saber onde se que chegar, fica muito difícil verificar se a estratégia está gerando o resultado esperado e o que pode ser feito para melhorar.

2. Saiba onde seu público está

Hoje em dia existem diversas plataformas onde você pode postar seus vídeos. As mais conhecidas são YouTube, Instagram, Facebook e Vimeo. Entretanto, cada uma delas possui especificidades – tanto de formato quanto de tempo.

Por isso, antes de começar a produzir, entenda seu público, saiba onde ele está e defina quais os melhores locais para você publicar seu conteúdo. Com isso, você poderá criar o conteúdo que melhor se adapte as plataformas escolhidas.

Respeitando o formato e tempo adequado de cada local, sua chance de obter melhores resultados é muito maior.

3. Planeje seu conteúdo

No Inbound Marketing, o conteúdo é rei. Por isso, é muito importante pensar com carinho sobre o que será abordado em cada vídeo.

O conteúdo deve ser útil e ajudar o seu público a resolver algum problema. Para ter boas ideias de temas, realize um brainstorm com a equipe de marketing e de vendas. Procure saber quais são os assuntos que seu público mais busca em seu site ou quais as perguntas seus consumidores mais fazem para os vendedores. Anote todas as ideias que surgirem para que possam ser trabalhadas uma de cada vez.

Para cada vídeo que você deseja produzir, monte um briefing com todas as informações necessárias para produzí-lo. Quanto mais informações, melhor. Explique o motivo pelo qual o conteúdo será produzido, quais assuntos ele deve abordar, a qual persona ele se destina, em qual etapa do funil de vendas ele encaixa, etc. Pesquise também as melhores palavras-chave para utilizar, links sobre assuntos relacionados e defina um CTA.

Monte um calendário com as datas e os responsáveis por entregar cada etapa: roteiro, filmagens, edição, revisão, publicação e divulgação.

4. Grave, edite e publique o vídeo com a melhor qualidade possível

Com tudo definido e o roteiro em mãos, é hora de produzir o vídeo. Nessa hora é muito importante alcançar a melhor qualidade possível para o produto. Por isso, invista no uso de bons equipamento e bons profissionais da captação à edição. Utilize uma boa câmera, um microfone para captar bem o som sem ruídos e cuide da iluminação. Procure editar o vídeo de forma a apresentar seu conteúdo da melhor maneira possível, utilizando recursos que possam tornar seu material ainda mais rico, como animação, textos, imagens, músicas, etc.

A qualidade visual do seu vídeo é muito importante. Seu público deve assistir ao conteúdo e sentir confiança no que está sendo apresentado. Muitas vezes, algo muito caseiro ou sem produção nenhuma passa uma sensação de amadorismo. Por isso, tenha senso crítico para avaliar o produto final e busque sempre o melhor resultado possível.

5. Acompanhe os resultados e as interações

Após o vídeo ser publicado, acompanhe os resultados. Veja se os objetivos que você definiu estão sendo alcançados, analise suas métricas e crie estratégias para melhorar sempre.

Fique ligado também nas interações. Tente responder ou curtir os comentários relevantes e avalie as sugestões ou críticas positivas feitas por sua audiência. Peça sugestões de temas para serem abordados. Dessa forma, você irá produzir vídeos ada vez mais interessantes para o seu público.

Gostou desse conteúdo? Então, assine nossa newsletter e mantenha-se informado sobre assuntos ligados ao marketing digital.

 

Posts recentes

Deixe um comentário

Contate-nos

Digite o que procura e pressione "enter" para realizar a busca

planejar aumentar vendas black-friday