em Marketing Digital
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 0 Flares ×

Assim como os smartphones estão por todos os lados, as marcas também precisam se fazer presentes e se beneficiar do meio digital. No entanto, esse contato com o cliente precisa ter um impacto positivo e é por isso que a produção de conteúdo é indispensável em uma estratégia de marketing.

Afinal, quantas dezenas de vezes, por dia, cada um de nós é incentivado a acessar páginas e links? Em busca de conquistar a preferência pela atenção do público, as marcas estão optando pelo marketing de conteúdo.

Essa estratégia tem a característica de atrair a atenção de leads e convertê-los em clientes por meio da produção de conteúdo focado no interesse e nas dúvidas do cliente. Com isso, gera muitas oportunidades de negócio e engaja o público.

Quer conhecer mais e entender como levar tais benefícios para o seu negócio? Veja neste post os dados sobre marketing de conteúdo e as razões para iniciar essa estratégia na sua empresa!

Por que investir?

1. Produção de conteúdo em alta

Conforme a pesquisa brasileira Content Trends 2018, entre os 3 mil respondentes dos 19 segmentos consultados, 73% das empresas participantes são adeptas ao marketing de conteúdo.

Já entre as que ainda não praticam essa estratégia (27%), a maior parcela deles aponta a falta de equipe como principal razão para não implantar (29,4%). Contudo, mais da metade (61,8%) tem a intenção de colocar a produção de conteúdo em prática.

Ou seja, existe muita atenção em torno desta vertente do marketing digital, porque mostrou valor para as empresas e para o cliente. E não é à toa esta realidade. Veja os porquês abaixo.

2. Clientes engajados

Para que a produção de conteúdo traga resultados é preciso conhecer o perfil do cliente com o máximo de aprofundamento possível.

Entre as ferramentas utilizadas pela equipe de marketing está a criação da persona, a partir de dados reais sobre os clientes atuais e em potencial da empresa.

Outra ferramenta é o mapa de empatia, em que são analisadas as expectativas dos consumidores e o que, de fato, é entregue para ele, a fim de entender se está sendo atendido satisfatoriamente.

Assim, todo o conteúdo produzido é personalizado de acordo com cada realidade, o que aumenta o potencial de atrair, interessar e manter o público em interação com a marca, pois passou a considerar o interesse para tudo o que produz e publica.

3. Mais oportunidades de negócios

No marketing de conteúdo existe uma grande atenção para a jornada do consumidor, ou seja, a trajetória de ações que o cliente realiza entre o interesse e a utilização do produto.

Isso mesmo, até a utilização, pois se entende que a interação continua mesmo após a compra, já que todo produto tem a missão de encantar o seu comprador e, com isso, torná-lo recorrente.

A jornada indica diferentes momentos do consumidor, que podem variar em níveis de interesse e tipos de dúvida. Ao conhecer cada etapa desse processo é possível planejar o suporte adequado a cada fase, gerando mais leads e vendas.

4. Convencimento e processo efetivo

Esse atendimento e suporte se materializam a partir de canais de produção de conteúdo e de ferramentas que otimizam o atendimento.

Alternativas que vão desde a agilidade nos contatos diretos (via automatização com chatbots e configuração do messenger), a interações nos comentários das redes sociais.

Mas, principalmente, sendo efetivo na busca silenciosa do cliente, ao deixar disponível os conteúdos que vão de encontro ao interesse e dúvidas dele.

Com isso, o consumidor se sente atendido e compreendido, pois ao invés de receber ofertas insistentes, teve acesso ao que, realmente, desejava.

Assim, também é possível perceber que o processo se torna mais fluído e efetivo. Se o cliente se decide pela compra depois de ter entendido o produto através dos conteúdos, tanto o trabalho do time comercial se torna mais produtivo quanto o nível de satisfação tende a ser maior.

5. Resultados expressivos

Voltando à pesquisa, o marketing de conteúdo apresenta resultados que o consolidam como uma estratégia de sucesso.

Afinal, conforme apontado na Content Trends 2018, a média mensal de visitas aos sites de empresas que têm produção de conteúdo é 2,6 vezes maior do que as que não desenvolvem. 

Os números absolutos são uma média de 88.767 visitas ao site das empresas que aplicam o marketing de conteúdo frente a 34.008 visitas das que não.

E, como consequência de mais visitas, também é maior o número de clientes em potencial cadastrados, corretos? Sim!

O marketing de conteúdo reforça essa lógica e intensifica o resultado, pois a média de leads gerados é 3,7 vezes maior entre empresas que têm essa estratégia. A média mensal é de 1.859 para as que adotam a prática versus 496 das que não.

Entre as empresas que adotaram o marketing de conteúdo, quanto mais conteúdos forem produzidos, assim também serão os leads gerados.

A pesquisa aponta que empresas que publicam mais de 13 conteúdos mensais geram 1,8 mais visitas. Uma média mensal de 185.620 versus 331.075.

Já se convenceu?

Acredito que já conseguimos comprovar a relevância dessa prática, não é mesmo? Empresas que dão a atenção correta e necessária ao seu público recebem em troca melhores resultados a partir da preferência e engajamento deles.

Este processo é específico e, por isso, é preciso contar com profissionais que sejam especialistas em adaptá-lo à realidade do seu negócio.

Ao procurar uma agência, não se esqueça de checar portfólio e alinhar como será o processo no dia a dia, antes de fechar a parceria. E se envolva com os conteúdos, optando e avaliando ativamente. Afinal, eles precisam refletir a sua empresa.

Você já tem conseguido realizar algumas dessas ações e gerado resultados positivos com a produção de conteúdo? Conte como tem sido o seu processo nos comentários e compartilhe sua experiência conosco!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contate-nos

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

planejar aumentar vendas black-friday